10.15.2017

Podia ter-me dado para pior! #213

De ontem. Do concerto do meu querido John Legend, e com a minha querida amiga. 

Este foi, talvez, um dos melhores concertos a que assisti até hoje. Para além da estrondosa voz que o homem tem... é irresistivelmente amoroso! Não estão a perceber: passou o concerto a falar nas saudades que tinha da mulher e da filha. Do quanto as amava. Intercalando com músicas dedicadas a elas, maravilhosamente tocadas a piano pelo próprio, com grandes planos de fundo a encherem aquela multidão de gente de amor. Sim, porque foi disso que se tratou. John Legend transpira amor. Até mesmo convidando uma fã para dançar - salvaguardou desde logo, de forma cómica e aquelas covinhas tímidas em jeito de sorriso - que a mulher não se importava. 

Muito amor por estes dois, tenho a dizer-vos. São, talvez, e assim bem de longe, o casal-celebridade mais querido de todo o sempre! 

Quando as pessoas são boas, amam e são felizes, isso obrigatoriamente transparece em tudo o que fazem e são: e o John Legend não é excepção. 

Amei, amei, amei.

(Mesmo apesar de, equivocadamente, o ter chamado de John LENON. Sorry!) 











Look total: Zara | Ténis: Cubanas | Mala: Primark | Relógio: Michael Kors

O meu amor pequenino. ❤️

Meu amor ❤️ havia tanto a dizer-te! Muitos, muitos parabéns meu amor! Não são os meus olhos de prima-irmã que te veem como o menino mais humilde que conheço, tens o melhor, maior e mais doce coração que conheço. Apesar dos teus ainda tão poucos anos de vida (e muitos centímetros de altura!) consegues pôr te no lugar dos outros, quando não to é exigido. Consegues pensar nos outros - sempre, sempre - antes de ti. E isso nem sempre é bom! Na idade desta nossa foto, o teu 5.º aniversário rias até mais não, eras irrequieto, teimoso e a minha sombra sempre que estávamos juntos. Eras o meu boneco-bebé, o meu amor mais pequeno, e desde o dia 15 de outubro de 2003 que o meu coração transborda. Hoje, agora com 14, estás a formar a tua personalidade. Estás a apreciar o silêncio, o teu espaço, e os teus pensamentos. Estás mais no teu mundo, mais introvertido, mais tímido. Mas comigo, e aliás - nós que te amamos de verdade, queremos lá saber do resto do mundo! - sabemos bem que continuam esses covinhas que eu adoro, o sorriso é o mesmo, o olhar doce mantém-se e o coração é de ouro. Na verdade tu sempre foste assim: tímido, puro e de sorriso fácil. Tenho um orgulho enorme em ti, e adoro-te desde sempre, como um irmão. Estarei sempre, sempre, sempre aqui para ti. Não cresças tão rápido por favor. (Não estou a saber lidar.) Tem um dia feliz meu amor! ❤️ (gosto muito de ti, adoro-te e amo-te! Lembras-te de quem me dizia isto?)



10.09.2017

Podia ter-me dado para pior! #212

Começar a semana em bom. With my new babies 💕👟 sem maquilhagem, mas feliz!










Jeans e Camisa: Zara | Ténis: New Balance | Relógio: Calvin Klein | Anel: Tommy Hilfiger

10.08.2017

Podia ter-me dado para pior! #211








Camisa e Jeans: Zara | Ténis: Adidas Gazelle | Relógio: Michael Kors | Anel: CK | Óculos: Ray Ban

10.07.2017

Podia ter-me dado para pior! #210

Com as jardineiras mais fofas de sempre! Para terminar bem a semana. 











10.03.2017

Presentes do coração ❤️

Porque não é pelo presente em si, pelo valor, ou mesmo até pelo facto de o adorar. É a intenção, o significado e o amor, sentimentos inerentes, todos eles, a este presente. 

De uma das pessoas mais importantes da minha vida. E sem dúvida, o segundo que vou guardar por toda a vida, com o maior carinho do mundo. 

Os primeiros foram quando me licenciei, faz amanhã um ano (como assim???). Estes, talvez por estar ainda menos à espera, e agora pela minha especialização (oficialmente pós-graduada yeahhh!). 

Obrigada ❤️ à melhor tia do mundo! Por tudo. Sempre. Não só por isto, não só por hoje, nem sequer por te lembrares sempre e estares sempre presente. Porque tal como o amor, o “sempre” está sempre entre nós. 



Dois presentes. A mesma pessoa. Um ano de diferença. Duas conquistas. Feliz. 

10.02.2017

Podia ter-me dado para pior! #209

With my new babies! Para começar bem a semana :) 








Look total: Zara | Mala e Óculos: Michael Kors | Óculos: Ray Ban

10.01.2017

Uma velha conhecida.






(Pensavam mesmo que vinha daí um post todo sentimental não é verdade? Naaaa.)

Vou falar-vos sim, de uma, outrora, velha conhecida. E agora, um novo amor.

Eu sempre gostei da BIMBA Y LOLA. Mas esta nova coleção está qualqueeeeeer coisa de muito boa, benzá-Deus!

Gostei de quase todas as malas (uma em particular). Gostei de anéis, colares (sim, eu.), pulseiras (senhores!), bolsas e bolsinhas. Jesus!

E escolher? É porque o difícil é mesmo isso. Confunde-me um pouco o facto de ser uma marca tão conceituada internacionalmente (ou relativamente bem conceituada), as roupas serem, regra geral, de preços bem altos, e em contrapartida os acessórios terem preços relativamente acessíveis. 

Toda a bijuteria ronda - lá está, regra geral - os 20€ a 50€. 

As bolsas, estojos, porta-cartões, porta-moedas, e afins começam salvo erro nos 17€ e podem ir até aos 40€-50€. 

Pormenores destes à parte, a coleção está mesmo, mesmo giríssima! 

Tudo a encher as wishlists deste Natal, ok? :)

Muito, muito amor (pelas imagens que se seguem): 











Podia ter-me dado para pior! #208

Ontem tivemos o aniversário de um amigo, portanto optei por um outfit bastante mais informal (isto de ter de andar formal toda a semana tem muito que se lhe diga!). A camisa cheia de amorosos frenchies (em homenagem ao meu Rocky Man) foi um presente da melhor tia do mundo (a minha!) ❤️ e sem motivo, como é bastante habitual entre nós. Desde sempre. Adorei o tecido, a textura, o “cair” e sim, acima de tudo, o padrão obviamente! Está-me um pouco grande, mas como quem sai aos seus é de genebra não degenera (e nestas coisas saio mesmo à minha tia) não aguentei e tive mesmo que a estrear hoje. Também não é mal que me apoquente que eu cá nisso sou muito prática, e aliás, há peças de roupa que prefiro mesmo mais largas. Acho horrível as obsessões que algumas pessoas têm com os tamanhos das roupas, benzás-Deus. Migaaaas, todas as peças de roupa e consequentemente os seus tamanhos dependem de factores tais como: tecido, textura, cor, feitio, e outros por aí fora. Não vem nenhum mal ao mundo se tiverem uma camisola XS e outra L. Sintam-se bem, aceitem-se como são (não só exteriormente mas, e acima de tudo, interiormente). O importante é sentir-mo-nos bem connosco próprias. Acreditem, as pessoas reparam mais num sorriso verdadeiro - daqueles que chegam aos olhos! - do que naquilo que têm vestido. E quem repara apenas e só nas roupas e nos bens materiais? Sintam pena, apenas isso. A felicidade vem de dentro, pessoas. 

(Momento reflexão: a sério, A SÉRIO, que acabei de escrever todo um texto moral, que começou apenas no facto de uma camisa estar um pouco grande? Coragem. Ou paciência, pequenos chiclets.)

Terminadas as moralidades por aqui - que isto até era SÓ um post da vossa rubrica favorita, que por acaso é sobre moda e outfits - deixo-vos as duas únicas fotos da noite:





Camisa: Mango | Jeans: Zara | Ténis: 1.ª foto - CRISTINA; 2.ª foto: Cubanas | Mala: Moschino | Relógio: Michael Kors

9.30.2017

Queremos o Inverno, senhores!

Não me caiam já em cima faxabôr! Eu sei que quase toda a gente adora o verão... eu também, acreditem! Mas estarmos com um pézinho em Outubro, e com este tempo bipolar é que não. 

É toda uma dificuldade saber o que vestir no dia seguinte. Nunca se sabe como é que vai amanhecer! Ora é preciso casaco de manhã, ora queremos uma t-shirt para o meio do dia, ora precisamos dos pijamas polares à noite! Ou sim ou sopas, ninguém gosta de meias-coisas seja relativamente ao tempo, ou a qualquer outra coisa!

Para vos deixar o bichinho, que eu sou pessoa de partilhar com o mundo todo um bom gosto (fosse a carteira do mesmo tamanho e iam ver!) venho trazer-vos uma mini-seleção de pecinhas que gritam FRIO-inverno-cutxi-cutxi-coisas-fofinhas, e por aí. Ora atentem, pessoas fofinhas:

ZARA

1. 


2.




3.
4.

5.


6.

7.

8.


Qual a vossa preferida? 

Difícil é escolher. ❤️ não é?

Aquela telepatia

Telepatia de mãe e filha a uma segunda-feira de manhã. 

Desculpem a ausência pequenos Chiclets, mas no iPhone novo a aplicação do blogger não funcionava, e com o trabalho não tenho tempo de estar a fazer posts pelo computador. Mas parece que já arranjei uma aplicação compatível! 

Pois eeeeé! Andava há séculos para estrear os meus ténis maiii lindos! Nem parece coisa minha não é verdade?! 

Quando recebo esta foto da minha mãe...

E parece que os calçamos as duas no mesmo dia, sem saber. 


Só para começar bem a semana :) 

Quanto aos ténis são super, super confortáveis! ❤️

9.25.2017

O vestido do momento

É da Zara e custa apenas 25,95€. 

Quem lançou esta febre... Só podia ser a arrasadora da Sara Carbonero.


Como típicas portuguesas - ou mulheres no geral, vá (que agora lembrei-me de uma coisa que vi este fim-de-semana) - como não podemos ver nada, toca de ir tudo a correr à Zara imitar a gira da Carbonero. (Mas sem nunca admitir que ela é gira nas horas! Porque fazer elogios custa, senhores!)

Mas agora a sério, esta mulher é talvez das pessoas mais simples a vestir que se vê por aí. E tudo nela fica absolutamente perfeito. Assim não vale! :) muitos, muitos likes! ❤️

Plus love ❤️

Pois eeeeeeé amores meus! Parece que o Natal chegou mais cedo... E chegou mesmo! 

Se ontem das 20h à meia-noite não corri TODAS as superfícies comerciais de Lisboa... Não foi nada. Sim, sim... Eu tenho problemas. SÉRIOS. Mas fazer o quê? Já não é defeito, é efectivamente feitio. 

Estou tão, TÃO feliz!!!

Apresento-vos o meu mai novo (que é como quem diz coisa maiii linda, amor meu, o meu bebé):



Toda uma criança feliz. Não estão beeeem a perceber.




E a capa mais fofinha deste mundo, obviamente! ❤️❤️❤️ confirma-se o óbvio: após muito lutar contra gostar do "plus", efectivamente quando se experimenta voltar a um pequeno não é o mesmo. Tão, tão in love. Habitualmente já era chata, agora estou insuportável eu sei.



9.22.2017

Chegou, chegou, chegou!

E eis que o chegou o mai novo! ❤️❤️  são e-mails a chegar de tô-dó lado, a tôoooodá hora. O meu pobre coraçãozinho não aguenta.